João 5:18 – Jesus é “igual a Deus”?

1
711

         João 5:18

“Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus.” (ACRF)

         Certo trinitarista alegou o seguinte:

“… Este versículo é autoexplicativo. Sobre o termo grego ‘igual’ (ison) não há discussão, nem é contextualmente ou gramaticalmente permitido alegar que João está aqui registrando o que os judeus teriam supostamente dito sobre Jesus, conforme as Testemunhas de Jeová argumentam. A estrutura da sentença mostra claramente que foi João quem disse isso sob a inspiração do Espírito Santo, não os judeus! Nenhum estudioso ou comentarista sério já questionou isso. Na mente judaica, o fato de Jesus alegar ser o Filho de Deus era uma reivindicação de igualdade com Deus, um fato que as Testemunhas de Jeová deveriam considerar!”

            Primeiramente, alguns pontos devem ficar claros aqui:

  • Na Trindade, Deus é Pai, Filho e Espírito Santo – 3 pessoas, mas não 3 Deuses. Assim, alegar que Jesus é “igual a Deus” é alegar que Jesus é “igual à Trindade”. Na Trindade Jesus não é igual a Deus, mas o próprio Deus. Portanto, dizer que Jesus é igual a Deus é dizer que Jesus é outro Deus igual a Deus. Isso é biteísmo (2 Deuses), não Trinitarianismo (3 pessoas em um só Deus);

  • Os judeus acusaram Jesus de se fazer igual a Deus, não igual ao Pai. Na Trindade, Jesus é igual ao Pai, não igual a Deus;

  • Os judeus não acusaram Jesus de se fazer igual ao espírito santo, pela simples razão de que os judeus não criam numa Trindade;

  • Se Jesus é igual a Deus, então Deus é uma só pessoa, não 3 pessoas. Isso faria de Jesus outra pessoa igual, porém separada de Deus (biteísmo ou politeísmo), pois não faz sentido Jesus ser igual a Deus e ser Deus ao mesmo tempo;

  • Esse era o Jesus humano. Portanto, se algum trinitário usar esse argumento, ele cai diante de João 14:28, onde o mesmo Jesus de João 5:18 alegou: “O Pai é maior que eu”. Assim, nenhum trinitário poderá alegar que “Jesus era menor que Deus enquanto humano apenas”, pois o mesmo Jesus de João 5:18 é o de João 14:28 (Não é o mesmo Jesus em ambos os relatos?);

         Os judeus acusaram a Jesus de outra coisa também:

(João 5:18) “É por isso que os judeus procuravam ainda mais matá-lo, porque ele não somente violava o sábado, mas também chamava a Deus de seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus.”

            A pergunta a ser respondida é: Jesus violou, pecou contra, o Sábado? Foi João quem disse que Jesus violou o Sábado ou essa foi a acusação que os judeus fizeram?

(1 João 5:18) “todo aquele que nasceu de Deus não pratica o pecado…”

           Por Jesus ter nascido de Deus, ele não praticou pecado, assim ele não pode ter violado o Sábado. Dessa forma, se a violação do Sábado foi a acusação feita pelos judeus relatada por João e não a opinião de João, o que te faz pensar que a segunda é a opinião de João e não a acusação dos judeus? Aqui fica claro que Jesus se fazer “igual a Deus” não é a opinião de João, mas a acusação dos judeus relatada por João.

 

      Como Jesus respondeu a tal acusação?

      Se Jesus é realmente “igual a Deus”, então essa era a oportunidade perfeita para apresentar a Trindade aos judeus, certo? No entanto, a resposta de Jesus a essa declaração é uma decepção aos trinitários:

 

(João 5:19)Em vista disso, Jesus lhes disse: “Digo-lhes com toda a certeza: O Filho não pode fazer nem uma única coisa de sua própria iniciativa, mas somente o que ele vê o Pai fazer.”

            Preste atenção a como o versículo 19 começa: “Em vista disso…”. Outras traduções optam por: “Jesus lhes respondeu…”.

            Será que Jesus lhes respondeu dizendo: “Eu sou igual a Deus”? Ele não apenas não disse isso, como ele também identificou a Deus como sendo exclusivamente o Pai, não uma Triunidade, pois ele disse:

“O Filho não pode fazer nem uma única coisa de sua própria iniciativa, mas somente o que ele vê o Pai [Deus] fazer.”

            Portanto, fica claro e evidente que Jesus não apenas nunca alegou ser igual a Deus, como ele também retrucou aqueles que assim o acusavam, mostrando que ele não é igual a Deus. Além disso, em sua resposta, Jesus mostra que Deus é apenas o Pai, não uma Trindade. Na verdade, João 5:18 é muito mais um argumento contra a Trindade do que a favor dela.

Um comentário

Deixe uma resposta

Escreva seu comentário
Por favor, entre com seu nome aqui