Charles Taze Russell não era Maçom – Entenda por quê.

1
46

     Existe muita baboseira na Internet. O ódio e a incompetência intelectual daqueles que odeiam as Testemunhas de Jeová os cega, corrompe e os torna, em muitos casos, tudo aquilo que eles nos acusam de ser.

Resultado de imagem para c t russell

      Uma dessas baboseiras é a de que Charles Taze Russel era maçom. Mas a verdade é: Russell nunca foi maçom. Nem antes, nem durante seu ministério cristão. É fato que Russell conhecia muitos maçons, devido ao seu status social e econômico desde antes de seu ministério cristão. Ainda assim, ele nunca foi maçom, embora tirasse vantagem, em prol do Reino, da relação amistosa que tinha com muitos maçons. (Os Estudantes da Bíblia, naquela época, não tinham lugares para se reunir como Salões do Reino, e por isso, alugavam até mesmo templos maçônicos para ser reunir).

     Eu resolvi traduzir esse post para fornecer-vos uma ajuda rápida e prática quando acusam o irmão Russell de ter sido maçom enquanto era Estudante da Bíblia.

      É muito simples de argumentarmos sobre isso. Você pode citar o livro e a página [está traduzida] e questionar:

Resultado de imagem para a verdade é lógica– Se Russell era maçom, por que a maçonaria nunca o criticou por criticar a maçonaria?

Resultado de imagem para a verdade é lógica– Não acha estranho que alguém que pertença a maçonaria a critique e não seja condenado por ela?

      No entanto, não seja otimista demais. Quando alguns opositores, principalmente ex-membros, inventam de fumar o cachimbo da obstinação, nada, a não ser eles mesmos, pode os desintoxicar. Já aconteceu comigo de eu mostrar a carta da maçonaria que postulava que Russell nunca fora maçom, mas a pessoa disse que tal carta ‘não provava nada’. Assim, que provas você pode usar contra pessoas que não aceitam provas?

       De qualquer forma, aqui vai um forte argumento. Espero que gostem.

“[…] E ‘ele deve reinar até’ que tenha derrubado todas as autoridades e leis na terra contrárias àqueles que dominam no céu.
      A medida que os problemas aumentarem, os homens buscarão, embora em vão, por proteção nas ‘covas’ e cavernas, as grandes rochas e fortalezas da sociedade (A Maçonaria,  Fraternidades Patrióticas, Organizações Sindicais, Grêmios, Organizações de Confiança, e todas as associações seculares e eclesiásticas), e nas montanhas (governos) da terra; dizendo: “Caiam sobre nós (Protejam-nos, Encubram-nos), e nos escondam da face daquele que está sentado no trono, e da ira do Cordeiro; pois o grande dia da sua ira chegou.” (Apo[alipse] 6:15-17)” [The time is at hand: A helping hand for bible students. p.139 – o grifo é nosso]

      Veja também esse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=ZbDSTi7NuX0

Um comentário

Deixe uma resposta

Escreva seu comentário
Por favor, entre com seu nome aqui